Prestação de Contas: Dispersei, novamente

Sem inspiração alguma para escrever qualquer coisa. Nesses casos, não escrever, é uma sabedoria sem tamanho.
Estou as volta com uma prestação de contas final do projeto em que trabalho. Preciso me concentrar,  ficar mais concentrada que extrato de tomate Elefante. Tento. Ah, como tento. Consigo. Mas não por muito tempo.


Por vezes me perco completamente.  Quanto tempo perco, perdida, entre números, planilhas, notas, cheques, cupons, recibos, contratos, faturas, boletos bancários, etc...mas  logo me lembro que esta não é a primeira vez. Mas bem que poderia ser a última. Mudar o foco é uma opção a se considerar seriamente. Oh, dúvida, cruel.

 Tenho dado conta do recado bem.  Mas sei que posso e preciso melhorar muito e sempre. Sei que também posso  fazer coisas diferentes, depende de mim.  Por que não?

São somente inquietações e angustias  rotineiras. A cada parcela da prestação de Contas de projeto vejo quão é chato faze-lo. E fico assim.    O resultado até hoje têm sido gratificante, e isso supera as dificuldades  em montá-las. Prestação de contas corretas permitem continuidade das atividades e isso não tem preço.

Ops! Me dispersei novamente. Minha prestação de Contas continua a minha espera para finalizá-la bem aqui. Então, cá vou eu, planilhas, notas, cupons, TdR, contratos, RPAs, RCI, bilhetes, recibos, faturas, etc.  
Adeus blog, os comprovantes fiscais  me  esperam, solicitam, chamam. Concentração total.
 Fui.

Share:

0 comentários