Saberes e definições dos Nativos sobre a Morraria e seus lugares suas paisagens

"A paisagem aqui da morraria já mudou muito. vamos dizer assim, que agora já mudou. Antes tinha muitos lugares bonito tinha muita fartura de planta, de bicho, de peixe... de tudo. E cada um era  diferente do outro. Agora por exemplo, nem campo bruto tem mais. Já tá tudo virando cerrado. campo agora é só de pasto formado. A senhora sabe, nessa moda nova todo mundo que quizer criar seu boizinho tem que formar pasto... aí é que tá o pobrema, nós pequeno não tem condição".



“Lugar de fartura é cerrado e Mata virgem, mas no cerrado tem mais remédio e fruta do que na mata virgem. Mata virgem tem mais madeira. As arvores é bem alta”.

“lugar de terra preta a planta viça mais. Terra branca é só prá mandioca”.

“Antes deixava a terra descansar mais. Agora não dá mais. Os fazendeiros já planta capim logo pro gado”.

“Aprendi tudo com meu pai, tio, aprendia caminhando com eles....“Cada dia que a senhora vive a senhora aprende uma coisa. Eu não vou aprender tudo. Aprendi muita coisa trabalhando com os companheiros e eu vou continuar aprendendo...”

“A roça eu sei que ajuda os bichos. A Mata puxa água e sereno. A roça ajuda o mato porque a lavoura tem o que come o tempo todo e os bichos e os passarinho vão lá comer. O homem não trabalha só prá sim. A mata não ajuda ter inseto. O que ajuda é pasto formado”.

“Daqui uns dia vai ter só pasto e nós vamos passar fome. Os grandes só planta soja, mamona, milho. Aí os pequenos vão querer voltar a fazer roça e já vai ser tarde porque não vai ter mais muda nem semente.”

“A madeira é a maior riqueza, agente só derruba quando precisa muito. Mas a maior riqueza da terra é a água. Onde tem água tem vida. Primeiro água, depois madeira e a terra. A madeira melhora a terra”

Um lugar é resultado de uma dinâmica que é única, ou seja, resultante de características históricas e culturais que referem-se aos diferentes período do seu processo de formação . Ela é resultado da vivência do homem, onde estão inseridas suas necessidades existenciais, suas interações com os objetos e pessoas, suas histórias de vida.

Uma paisagem reflete do uso que o homem fez e faz os espaço e dos recursos naturais nele existente ela é a parte visível e concreta do espaço geográfico e do território. Uma paisagem junta o passado, o presente e o futuro, mostrando a ação do homem sobre ela nos diferentes temporalidades. Isso a faz com que cada paisagem seja única. A paisagem é visível e material, porem o processo de sua transformação revela conflitos sócio-ambientais, portanto ela não é estática, está em constante transformação.

Share:

0 comentários