TUDO MUITO LINDO, MUITO BOM, MAS....

Pessoas, tava em férias. Prá falar verdade, já fazem muitos dias que voltei... E também muitos dias que iniciei este post. Mas, além de chegar a conclusão que tirar férias no início ou no fim de ano não é uma boa opção. 

Depois de tanto tempo sem postar nada no blog, também cheguei acho que voltar a escrever algo aqui tá meio complicado. Um novo ano começando. Confesso, estou sem um norte quanto a este primeiro post.(tem mais quase um mês que comecei esse rascunho, aff...)


Até aí nenhuma novidade, nunca sei direito o que vou escrever. As vezes ensaio bastante determinado assunto. Até começo falar sobre esse tal assunto, mas logo me perco...
Mas tudo bem, isso aqui não é coisa séria. Não tem regra, não vou morrer pelas besteiras que escrevo muito ruins. Posso ser críticada mas...e daí? não ligo. Também não serei premiada ou promovida...


A parte boa é que isso aqui é um passatempo, ou seja, posso escrever sobre o que eu quizer.
Tá aí, vou rascunhar sobre os ultimos e os primeiros...calma.

Os acontecimentos dos últimos dias de ano e os primeiros do ano seguinte. Só isso... Mas, vamos lá. Vamos ver o que é que dá?

Tava tudo muito bom, aliás bom é pouco, estava MA-RA-VI-LHO-SO... tudo muito simples, mas ótimo prá que gosta de simplicidade e contato com a natureza (exceto com pernilongos, e outros minúsculos e quase invisíveis que insetos, aff), por algum tempo...


Inté...




Dias no sítio dos meus pais. Confesso, nem senti tanta falta assim de certas tecnologias como celular, internet e outras coisinhas.

Bem, na verdade, houve um dia em que senti muita vontade de tomar um refrigerante GE-LA-DÍS-SI-MO, mas diante de tanta coisa e pessoas maravilhosas, o refri tornou-se irrelevante, facilmente substituído por um suco natural de murici, também geladíssimo.

Passeios de barco ou a pé. Pescaria (só de brincadeira mesmo, pq sinceramente, fico muito irritada, não sou boa pescadora), banho de cachoeira, passeios noturno da praça, festas...ótimas companhias, família, por do Sol, dormir tarde, e acordar mais tarde ainda...

Outra coisa legal é voltar (ou ao menos tentar) fazer práticas antigas, ainda que só prá relembrar a infância, Sim porque, realmente a gente muda com o tempo. e a idade e falta de prática não permite mais a agilidade de outrora...

Nossa como estou velha... como o tempo passou, e às vezes mostrou-se cruel e até implacável e cruel em alguns aspectos, em outros foi uma bênção... é a vida.

Por hora, tenhos muuitas fotos e ótima companhia prá embrar esses momentos e aguardar Julho e Dezembro chegar, prá voltar novamente. Com carinho, algumas fotos desses dias, lugares e pessoas, e sintam-se convidad@s para as próximas vezes.




















Share:

2 comentários

  1. Foi muito, mas muito bom mesmo retornar a Vila Bela. Mas inesquecível foi estar em sua companhia, conhecer o sítio dos seus pais (que são pessoas muito amáveis), seus irmãos e irmãs, cunhados e sobrinhos, com um especial carinho para as filhas de Delvânia e Dudu.

    Quero voltar sempre que possível, sempre com você. Te amoooo!!!

    ResponderExcluir
  2. Claro, meu amor. Esta foi a primeira de muitas inesquecíveis viagens a Vila Bela, ao sítio dos meus pais e tantos outros lugares que faremos juntos, com certeza.
    Você sabe, né? Toda minha família te adorou, em especial os sobrinhos/as. Você é muito especial, qualquer um percebe..
    Também te amooo...

    ResponderExcluir