MUITAS SAUDADES QUE FICA DAQUILO QUE NÃO FICOU




Sabe uma coisa que tenho muita saudades?


Pois é, sinto saudade de um tempo em que era feliz e não sabia. A parte chata, é que na verdade a gente só descobre essas coisas importantes quando já passaram.
Mas o tempo ao qual me refiro era o tempo em que morava com meus pais no sítio, lá no Vale do Guaporé, as margens do Rio Alegre.




Bem devem estar se perguntando, onde fica isso? Calma eu explico. Fica em Vila Bela da Santíssima Trindade -MT, bem no sudoeste do Estado, fronteira com a Bolívia. Uma cidadezinha judiada prá caramba, mas de pessoas maravilhosas, que acreditam sempre no dia de Sol depois da tempestade.



Dizem que é o fim do mundo lá...eu diria que é o fim do estado e do Brasil, afinal depois de lá, não tem como ir prá outro lugar, a não ser prá Bolivia.


Pois é...passei minha infância lá, no Sítio com meus pais e irmãos. Pescando, indo à roça, puxando água do poço, tomando banho na lagoa, brincando de pega-pega na na lagoa, de construir "casinha" com palha de babaçu. Comendo comida preparada no fogão de lenha e com óleo de babaçu. Eram tempos difíceis, mas era divertido e saudável...


Nossa...como as coisas mudam, e gente também muda..ou seria o contrário a gente muda e muda as coisas. Não sei ao certo, mas tudo mudou... e agora é só saudade e não são poucas...


A parte mais triste disso tudo é que me vejo indo, cada vez mais longe prá poder estar mais perto da minha familia... è muita saudades, imensas de todos...


Família, Saudades


Deroní Mendes


Share:

0 comentários